O restaurante Quinta Estação está situado no bem conhecido Pico dos Barcelos. A 355 metros de altura este é um dos picos principais que rodeiam o Funchal, de acordo com o Elucidário Madeirense, uma marca na história da Madeira.

Uma breve história sobre o Pico dos Barcelos

O nome Barcelos está associado a Diogo Barcelos, um dos primeiros habitantes da ilha, que lá tinha vários terrenos. De acordo com o Padre Fernando Augusto Silva, 1934, Diogo Barcelos foi por várias vezes advogado de negócios para a Cidade do Funchal, desde 1486. De acordo com os historiador Emanuel Janes, as terras da região foram cedidas a Diogo Barcelos, que também era comerciante de seda. Ele utilizou as terras para plantar amoreiras, uma planta importante para alimentar o bicho-da-seda, tendo mais tarde a sua plantação proliferado um pouco por toda a ilha.

Ao longo dos anos, cativado especialmente pela vista que a localização proporciona, o pequeno comércio local de souvenirs e restauração foi crescendo, acompanhado também pelo núcleo populacional envolvente, facilitado pela construção de uma estrada em 1917, que atraía inúmeros visitantes nacionais e estrangeiros.

Entre 1949 e 1950, através da antiga Delegação de Turismo da Madeira deu-se início ao projeto de construção do atual espaço envolvente ao miradouro do Pico dos Barcelos, que passou por várias renovações até recentemente.

As origens do edifício

Em 1948 a Madeira viu nasceu a sua rádio de difusão. Com o nome de “Rádio Madeira”, esta estação de rádio que pertencia à família Portela Ribeiro esteve operacional até ao virar do século.

No processo de renovação edifício tentamos homenagear esta história, e por isso decidimos manter a fachada original do edifício.

Quer saber mais sobre o edifício
Clique aqui

Créditos de imagem: Santo António